Diário da Serra

Conselho realizará ciclo de palestras que abordarão riscos do narguilé

Rodrigo Soares / Redação DS 14/05/2019 Polícia

Palestras serão promovidas pelo Conselho de Segurança

Apesar de parecer inofensivo, narguilé é altamente perigoso

As escolas das redes municipal, estadual e particular de Tangará da Serra receberão em breve um ciclo de palestras que abordarão a conscientização sobre o uso do narguilé. A ação é uma iniciativa do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do Município, e abrangerá a parceria das forças da segurança pública, como a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.


De acordo com o presidente da Conseg, Paulo de Jesus, a ideia foi apresentada durante reunião ordinária realizada na semana passada, oportunidade em que o uso de narguilé por menores de idade entrou em pauta.


“Foi apresentado pela diretoria a realização de palestras para combate de drogas lícitas e ilícitas, com foco no polêmico narguilé. Todo mundo sabe que o uso não é crime para maiores de idade, mas para menor é proibido de acordo com os artigos 81 e 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente”, comentou o presidente, destacando que a expectativa é desenvolver o ciclo de palestras para alunos a partir do 9º ano do ensino fundamental até o 3º do ensino médio.


“Será um trabalho de conscientização e informação”, enfatizou o presidente. Com a proposta deliberada durante reunião ordinária, a Conseg fará um levantamento específico nas escolas para posteriormente colocar a programação na prática.


Vale lembrar que conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma hora de sessão de narguilé equivale a fumar cem cigarros comuns, sendo um produto altamente cancerígeno.
 

Notícias da editoria