Diário da Serra

Cerca de 47 toneladas de lixo são retiradas de córrego

Rodrigo Soares / Redação DS 09/06/2019 Geral

Mesmo com Ecoponto na cidade, população insiste no desmatamento

Geral

Garrafas pet, móveis velhos, quadro de bicicleta, churrasqueiras, plásticos, materiais de construção, entre outros. Esses são apenas alguns dos milhares de materiais que foram recolhidos do Córrego Araputanga na manhã da última sexta-feira, 07 de junho, totalizando aproximadamente 47 toneladas de lixo retirados do local. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Magno César, a ação fez parte das atividades comemorativas da Semana do Meio Ambiente.


 “A gente fez uma programação e desenvolvemos aqui em Tangará da Serra. Tivemos diversos parceiros no decorrer da semana e, especificamente dessa ação no córrego Araputanga, retiramos uma grande quantidade de lixo daquela localidade, o que demonstra a falta de conscientização principalmente de moradores daquela região, pois percebemos que o lixo não vem de longe”, afirmou o secretário, ao destacar que mesmo com o Município oferecendo pontos adequados para o descarte de lixo, a população insiste em prejudicar o Meio Ambiente e, consequentemente, se prejudicar.


“Temos Ecoponto em nossa cidade, sendo que recentemente inauguramos um no Jardim Tarumã. Isso significa que a população tem opção de agir corretamente, mas infelizmente uma parcela de moradores insiste em prejudicar o Meio Ambiente”, afirmou o secretário.


Após realizar uma intensa limpeza no Córrego Araputanga, ainda de acordo com o secretário, a próxima providência que o Município tomará, será fazer o cercamento de toda área na tentativa de coibir o descarte de lixo naquela região. “Vamos também retirar árvores invasoras e posteriormente plantar mudas de espécies nativas na região dos córregos Araputanga e também no Mutum”, finalizou Magno.
 



Notícias da editoria