Diário da Serra

Zedeca quer fim de “fábrica de multas” na Praça da Bíblia

Marcos Figueiró / Assessoria 22/05/2019 Política

Ele defende o fim da faixa amarela no estacionamento interno da praça

Zedeca

Melquezedeque Ferreira Soares, o Zedeca (MDB) encaminhou esta semana uma indicação ao prefeito Fábio Martins Junqueira pedindo que determine mudanças no estacionamento da Praça da Bíblia. O vereador defende o fim da faixa amarela no estacionamento interno da praça – que liga a Rua Deputado Hitler Sansão (10) a Rua José Corsino (12). A razão é simples, argumenta o vereador: a faixa amarela resulta em uma enorme quantidade de multas aos clientes das agências bancárias e empresas da região, que utilizam o local diariamente.


“A pintura do meio fio hoje é na cor amarela e com isso os motoristas, ao estacionarem seus veículos, acabam sendo multados e perdem pontos na carteira. Isso tem que mudar imediatamente, porque o local deve sim atender aos moradores como estacionamento. Aquela é uma região central que precisa dessa atenção do poder público. Além disso, a prefeitura não pode criar um local assim para servir de ‘fábrica de multas’, como está hoje”, defende Zedeca.


O vereador declarou que o problema pode ser resolvido facilmente com a instalação de uma placa informativa que oriente os motoristas que o local só pode ser usado como estacionamento entre as 7h da manhã e as 18h. “Dessa forma, o local estaria livre durante a noite para ser utilizado pelos lancheiros”, argumenta o vereador Zedeca que também deve discutir o assunto com a direção da Superintendência de Trânsito de Tangará da Serra.

Notícias da editoria