Diário da Serra

Em Tangará, estudantes e professores manifestam contra cortes do governo na Educação

Lucélia Andrade - Redação DS 15/05/2019 Educação

Eles se reuniram na ‘Praça da Resistência’, antiga Prefeitura Municipal

Educação

Assim como acontece em todo país o município de Tangará da Serra foi marcado por manifestos nesta quarta-feira, 15.

 

Estudantes e professores do Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT), da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e de escolas estaduais e municipais foram às ruas para protestar contra o corte de recursos do governo federal para a Educação.

 

Os manifestantes se reuniram na conhecida ‘Praça da Resistência’, antiga Prefeitura Municipal, no centro da cidade e realizaram caminhada e panfletagem.

Escolas Estaduais, algumas Municipais e Unemat não tiveram aula.  Com o corte de 24,84% do orçamento do Ministério da Educação (MEC) foram bloqueados R$ 31.838,793 no orçamento do IFMT para 2019.

 

Alunos  da Unemat passaram a última noite acampados no campus .  Segundo eles, o objetivo é  mostrar para a população de como a universidade contribui para o município.

 

Todas as instituições federais, estaduais e municipais de educação em Mato Grosso aderiram à mobilização nacional contra o bloqueio de 24,84% dos recursos do Ministério da Educação.



Notícias da editoria