Diário da Serra

Irrigação de pastagem será o diferencial durante a estiagem

Assessoria Especial 16/04/2019 Rural

A salvação da pastagem tem nome: irrigação

Pasto irrigado representa ganhos no período de estiagem

A estiagem se aproxima e com ela a preocupação do pecuarista em manter uma boa pastagem para o seu rebanho. No entanto, a salvação da pastagem tem nome: irrigação. Esta técnica já se consolidou como um método indispensável nas severas estiagens mato-grossenses, tanto para a pecuária de corte como na leiteira, em grandes propriedades e na agricultura familiar.


Primeiro, o produtor deve analisar a área e definir um projeto de irrigação adequado, considerando a disponibilidade de água. Um dos métodos mais eficientes de irrigação utilizados é por aspersão. “Ela é uma chuva artificial por cima de todo o pasto e isso traz grande benefício para a pastagem”, observa Alfredo Acácio Nuernberg, diretor da Tratortecmaq, empresa que revende sistemas de irrigação da Tigre em Tangará da Serra e região.


O empresário destaca que os sistemas são eficientes na medida em que funcionam bem para menor ou maior vazão de água, possuem ampla faixa de vazão e diâmetro de irrigação, dispersor com quebra-jato externo e parafuso ajustável, com distribuição adequada à necessidade de campo. “Este sistema tem diversos diâmetros de bocais identificados por cor e com gravação do diâmetro em milímetros; alta resistência e retificador de fluxo interno, com maior alcance”.
 

Notícias da editoria