Diário da Serra

Homem tenta vender arma pelo WhatsApp e acaba preso

Rodrigo Soares / Redação DS 15/04/2019 Polícia

Suspeito estaria divulgando a venda em um grupo do WhatsApp

Uma das espingardas encontradas na casa do suspeito

Um homem foi preso pela Polícia Militar de Brasnorte nesta segunda-feira, 15, acusado de posse ilegal de arma de fogo. Ele estaria divulgando a venda de duas espingardas em um grupo do aplicativo WhatsApp. De acordo com informações do boletim de ocorrência, o fato foi descoberto pelas autoridades policiais quando a guarnição da PM abordou um homem durante rondas preventivas, e  encontrou o sujeito com um celular.


Questionado sobre o aparelho, o mesmo disse que não teria como provar que o celular era de sua propriedade. Com isso, o suspeito permitiu que os policiais mexessem no aparelho, momento em que encontraram na galeria  fotos de armas de fogo. Para a guarnição, o suspeito afirmou que se tratava uma publicidade de venda nas redes sociais, e indicou o local onde o dono das armas reside. Os policiais se deslocaram até a residência e encontraram o suposto dono das armas. Para a PM, ele mostrou o local onde uma espingarda calibre 36 e outra de pressão modificada para munição de calibre 22 estavam escondidas. Os dois envolvidos foram conduzidos para delegacia e entregues para Polícia Judiciária Civil. Agora, ambos deverão se acertar com a justiça.

Notícias da editoria