Diário da Serra

Seccional OAB ratifica apoio a procuradores de Tangará

Fabíola Tormes / Redação DS 14/04/2019 Geral

Os profissionais tiveram suspensos os pagamentos de honorários

Foram diferentes encontros, na sexta-feira

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Seccional Mato Grosso, Leonardo Campos, esteve em Tangará da Serra na última sexta-feira, 12, para uma importante agenda com profissionais da área.


O primeiro compromisso foi com Procuradores do Município, reunião onde a Diretoria da Seccional e da Subseção ratificaram o apoio quanto a pretensão dos mesmos de suspensão dos efeitos do Memorando do Prefeito de Tangará da Serra que suspendeu o pagamento dos honorários Sucumbenciais aos procuradores do Município e que motivou a impetração do MS 1000532-42.2019.8.11.0055. O pedido pleiteado foi deferido no respectivo Mandado de Segurança para suspender os efeitos do ato e determinar que a autoridade proceda a regularização do pagamento das verbas de sucumbe^ncia, se abstendo de realizar novas suspenso~es pelo mesmo motivo. A Seccional habilitou-se neste feito como amicus curiae.


Já com a advocacia geral, a reunião tratou sobre diferentes assuntos, oportunidade em que os advogados apresentaram suas reivindicações e sugestões para o bom exercício de sua atividade e, principalmente, quanto a boa prestação da atividade jurisdicional e ações institucionais da Ordem. E, finalizando a visita, Leonardo Campos se reuniu com o juiz diretor do Foro, Anderson Junqueira. 


De acordo com o presidente da Subseção local, Franco Ariel Bizarrelo, foi uma visita rápida, porém importante, diante da urgência das pautas. “Essa visita da Seccional foi alinhada na quarta a tarde entre a Seccional e a Diretoria da Subseção haja vista a urgência desse tema dos Procuradores que culminou na impetração do Mandado de Segurança”, explicou o presidente, ao lembrar que originariamente a visita não estava prevista no cronograma da Seccional. “O Presidente Leonardo Campos se dispôs a vir pela urgência desta pauta”.



Notícias da editoria