Diário da Serra

Ônibus do transporte escolar são destruídos por estudantes em Tangará

Lucélia Andrade/Redação DS 12/04/2019 Geral

Bancos rasgados, estofados arrancados

Geral

Um internauta postou em sua página na rede social, imagens que mostram a situação dos ônibus escolares de Tangará da Serra. O detalhe que chama a atenção é a destruição dos bancos no interior dos veículos, resultado de vandalismo provocado pelos próprios alunos.

 

Bancos rasgados, cintos de segurança arrancados são cenas lamentáveis que podem ser observadas no interior dos ônibus. Até a estrutura de ferro dos bancos, foi alvo de vandalismo. “Está aí o retrato cruel da educação de um povo. Temos que preservar e não destruir, porque no final nós que pagamos a conta. É nessa situação que as crianças são transportadas, sem mesmo ter a noção de que preservar é necessário”, relata a postagem em sua página.

 

Essa não é a primeira vez que situações de vandalismo são registradas em ônibus escolares. Em abril de 2018, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) teve um prejuízo de mais de R$ 2 mil para consertar veículos destruídos por estudantes. Eles escreverem nomes nos estofados, fizeram cortes de até 30 centímetros e rasgaram o couro dos bancos além de arrancarem a espuma. O transporte precisou ser suspenso, devido as condições que ficaram os ônibus.

 

CÂMERAS DE SEGURANÇA-  Está em processo de licitação a aquisição de câmeras de segurança, que serão instaladas nos ônibus escolares e escolas municipais. O sistema de segurança por vídeo monitoramento será completo de modo que tudo que acontecer nas dependências das escolas e no interior dos ônibus ficará devidamente armazenada.  A ação visa coibir esse tipo de situação.



Notícias da editoria