Diário da Serra

Vereador cobra intervenção do Ministério Público para situação de ruas e avenidas em Tangará

Lucélia Andrade/Redação DS 10/04/2019 Geral
Geral

O vereador Sebastian Ramos encaminhou ofício ao Ministério Público solicitando sua intervenção em relação a situação das ruas e avenidas de Tangará da Serra.

Ele cobra o MP para que tome as providências jurídicas necessárias à solução do problema, propondo medidas que exijam do Poder Executivo Municipal a manutenção das vias, tanto pela conservação do patrimônio público, quanto pelo direito de garantir vida, segurança e dignidade aos cidadãos.

 

“Cheguei no limite! Resisti a levar ao Ministério Público a questão da malha asfáltica reclamada diariamente nas redes sociais e cidade inteira. Em nome da população que sofre com a buraqueira, solicitei intervenção do Ministério Público”, relata o vereador em uma publicação na sua página na rede social. No documento encaminhado à promotora de justiça Fabiana da Costa, o vereador anexou solicitações feitas ao Poder Executivo reforçadas reiteradamente na tribuna, juntamente com os demais vereadores buscando explicações e soluções para os problemas, porém não obteve respostas.

 

Ele acrescentou ainda que a cobrança da população é intensa já que as ruas estão tomadas por buracos. “Cumpre destacar que não se trata de um caso isolado, neste ou naquele bairro, mas de situação generalizada, estando a cidade toda afetada pela falta de manutenção do asfalto”, diz trecho do ofício.

 

No documento, Sebastian reforçou ainda que não vê uma ação mais incisiva do Executivo em fazer a manutenção ou recuperação dos locais afetados, tendo em vista que quando é realizada uma operação ‘tapa buraco’, é possível notar a precariedade da qualidade do trabalho, levando em consideração que basta apenas uma chuva para que o reparo se perca.

 

“Demonstrando o descaso com a coisa pública. Não só ao não fazer a manutenção, como na má aplicação do dinheiro, pois, um reparo mal feito tem que ser refeito, jogando o dinheiro da população no ‘ralo’”, completou o edil.

Notícias da editoria