Diário da Serra

Mato Grosso deve entrar em programa de recuperação

Redação DS 11/03/2019 Bastidores da Politica

Mato Grosso pode aderir ao Programa Voluntário de Recuperação Fiscal proposto pelo Governo Federal para estados em crise financeira.
A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta semana. Pelo programa, os governadores deverão entregar ao Governo Federeal um plano de contenção de despesas em quatro anos. A União então autorizaria o Estado a tomar emprestado o equivalente a cerca de 40% desse total em operações.

Eleições

Principal nome do PT para uma disputa a prefeitura de Cuiabá em 2020, o deputado estadual Lúdio Cabral (PT) afirmou que seu foco está na atuação no legislativo estadual. Ele acredita que uma nova disputa ao Palácio Alencastro deve ocorrer após adquirir experiência no parlamento.

Tentativa

Antes de consagrar vitória nas urnas para deputado em 2018, Lúdio tentou por duas vezes conquistar cargos majoritários, porém sem sucesso. Em 2012, tentou a prefeitura de Cuiabá. Já em 2014, disputou o cargo de governador do Estado e perdeu para o ex-governador Pedro Taques.

Proposta

O deputado estadual Sílvio Fávero apresentou um projeto de lei para proibir que os servidores públicos de Mato Grosso tenham o nome negativado. A proposta, segundo o parlamentar, é necessária já que o estado tem atrasado o pagamento dos salários dos servidores.

Se aprovar...

A lei, se sancionada, beneficiará o servidor da administração direta e indireta, civil ou militar, ativo e inativo, que tiver o estado como sua única fonte de renda e que estiver com o pagamento de suas contas de qualquer natureza atrasadas.

Exonerados

O governador Mauro Mendes (DEM) exonerou, nesta sexta-feira, 08, mais 22 pessoas e nomeou outras 33 para os cargos comissionados de seu Governo. As mudanças têm obedecido a reforma administrativa já aprovada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Notícias da editoria