Vacinas contra difteria, tétano e coqueluche estão em falta nos postos de saúde de Tangará

Lucélia Andrade/Redação DS 08/03/2019 Saúde
Saúde

Uma moradora do Vale do Sol que preferiu não se identificar procurou a reportagem do DS para reclamar sobre a possível falta de vacinas nas Unidades de Saúde da Família (USF’s) em Tangará da Serra.   

 

Ela conta que está gestante e se deslocou até a USF do Santa Isabel, posto de saúde que é atendida,  em busca da vacina contra gripe, coqueluche e tétano, mas não encontrou. A moradora disse que chegou a verificar em outras cinco unidades, mas em nenhuma também tinham as vacinas.

 

Ela foi informada por uma das funcionárias, que as vacinas estão em falta em todo o município, doses que inclusive abrangem  bebês e crianças, e que não tem previsão de chegada.

 

A vacina acelular contra Difteria, Tétano e Coqueluche (DTPA) é aplicada em forma de injeção sendo necessárias quatro doses para que o bebê fique protegido,  mas ela também é indicada durante a gravidez a partir da 20ª semana de gestação.

 

A Secretária de Saúde em exercício, Dienefer Jaqueline Feix, confirmou à reportagem do DS  que de fato a vacina DTPA, está em falta nos postos de saúde de Tangará da Serra. “Realmente ela não tem previsão de chegada, mas quem repassa é o Estado”, disse.  Já em relação à vacina da gripe, a secretária informou que  ela será liberada somente  a partir de abril, quando iniciar a campanha de prevenção contra a doença.

 

Tentamos contato com o Escritório Regional de Saúde, para saber se há previsão de envio das vacinas, mas a responsável não se encontra no local.

Notícias da editoria