Manifestantes liberam MT-358 após quase duas horas de bloqueio

Rodrigo Soares/ Redação DS 10/02/2019 Polícia
Polícia

 

Integrantes do Movimento Frente Nacional de Luta liberaram o tráfego da MT 358 depois de aproximadamente duas horas de manifesto. O bloqueio aconteceu em frente ao Morimoto Eventos, e só foi liberado após a chegada da Polícia Militar.

 

De acordo com um dos integrantes do movimento, que preferiu não ter sua identidade divulgada, o grupo de manifestantes faz parte de moradores que estão acampados na região do Pecuama, local onde a Justiça determinou a desocupação desde a última segunda-feira, 04.

 

“Estamos aqui reivindicando nossos direitos. Tem pessoas que estão acampadas na beira da estrada, onde não deixam ninguém entrar com comida e água. Isso é injusto, temos pessoas idosas e crianças passando necessidades”, enfatizou um dos líderes do movimento, destacando que a situação chegou ao limite após a morte de um dos acampados.

 

“Perdemos um companheiro hoje pela manhã, que faleceu de infarto. Tentamos dar socorro mas não tivemos combustível para sair de lá porque não podemos entrar com nada, e ele acabou falecendo”, lamentou. Além da morte ocorrida na manhã desse domingo, o líder do movimento ainda afirmou que uma criança de quatro ano está na UTI em Cuiabá, vítima de agressão sofrida durante o conflito de terras.

 

“Os fazendeiros dizem que eles tem direito a área, que tem a posse, mas não mostraram documentação. Nós somos os donos, porque a área pertence a União, e o nosso movimento popular faz parte da União”, disse o acampado, que não descarta um outro manifesto de proporção ainda maior.

 

“Acreditamos que vamos fazer um novo (bloqueio) bem maior. Temos cerca de 2300 pessoas em nosso movimento”.

 



Notícias da editoria