Diário da Serra

Mesmo com estado de greve, aulas iniciam na segunda

Rodrigo Soares / Redação DS 06/02/2019 Educação

Sintep Tangará da Serra realizou ontem uma assembleia local

Assembleia ocorreu na escola 29 de Novembro

Apesar da decretação de estado de greve definida em Assembleia Geral realizada no início dessa semana em Cuiabá, o início do ano letivo da rede estadual de ensino marcado para acontecer na próxima segunda-feira, dia 11 de fevereiro, acontecerá normalmente em Tangará da Serra.


A informação foi confirmada pela presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep) Subsede  Tangará da Serra, Francisca Alda, durante assembleia realizada na tarde desta quarta-feira, dia 06 de fevereiro, na quadra da Escola Estadual 29 de Novembro.


“Apesar do encaminhamento para a construção da greve, haverá aula normal na próxima segunda-feira. Na próxima terça-feira, haverá paralisação geral, e na quarta-feira as aulas voltam também ao normal, continuando o movimento de greve até a parada definitiva”, relatou a presidente, destacando que a data oficial da paralisação será decidida em Assembleia Geral, que será realizada em Cuiabá.


“Os municípios estão realizando assembleias locais, assim como nós hoje (ontem) aqui, debatendo a paralisação da próxima terça-feira como protesto à reforma da previdência. Em Mato Grosso, temos pauta local, que é a questão da retirada de direitos dos profissionais da Educação”, disse Francisca, que estima que aproximadamente 90% das escolas devam aderir a paralisação definitiva que ocorrerá em breve na cidade.


“A grande maioria vai aderir, porque é muito grave o que vai acontecer”, finalizou a presidente do Sintep Tangará da Serra.


Conforme o Diário da Serra já veiculou em edições anteriores, além dos profissionais da Educação, outras categorias sinalizam paralisar as atividades. No setor da Segurança Pública em Tangará da Serra, a Polícia Judiciária Civil também sinaliza greve e aguarda posicionamento geral da categoria.

 



Notícias da editoria