Diário da Serra

Mato Grosso registra aumento de pessoas infectadas pelo HIV

O Bom da Notícia 09/01/2019 Saúde

"Entre 2017 e 2018, o crescimento foi de 32%"

Teste rápido é oferecido pelo SUS

Mato Grosso registrou um aumento significativo no número de pessoas infectadas pelo vírus HIV (Imunodeficiência Humana). Levantamento realizado pelo Ministéro da Saúde aponta que a incidência do caso no Estado 905% nos últimos 10 anos.


Segundo o Boletim epidemiológico divulgado em dezembro, de 76 notificações em 2007, Mato Grosso passou para 764 em 2018. Somente nos dois últimos anos, 2017 e 2018, o crescimento foi de 32%. Mato Grosso registrou 871 pessoas infectadas com o vírus HIV e 434 pessoas desenvolveram a AIDS, ou seja, o vírus que estava encubado reagiu e a pessoa ficou doente.  


Os dados apontam ainda que em 2017, cerca de 210 moradores do Estado morreram em razão de complicação da AIDS.    


De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde – SES, em 2018 Mato Grosso registrou 26,2 casos de HIV a cada 100 mil. Jovens entre 20 e 29 anos tem a maior taxa de detecção com registro de 52,7 jovens a cada 100 mil.


Em relação ao sexo, 71,9% dos casos no estado são em Homens e 28,1% em Mulheres. Mato Grosso ocupa a 11ª posição no pais no ranking que considera todos indicadores da Aids (detecção, mortalidade e outros) e entre as capitais Cuiabá aparece em 7º lugar.

 

Notícias da editoria