Sejudh forma segunda turma de cinotecnia no Sistema Penitenciário

Folha Nobre 08/11/2018 Polícia

Servidores de Tangará participaram do curso

Aulas ocorreram de 15 de outubro a 29 de outubro

Vinte profissionais do Sistema Penitenciário de Mato Grosso e policiais civis foram capacitados em um curso de cinotecnia, promovido pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio da Diretoria de Ensino Penitenciário. A qualificação abordou técnicas de condução e adestramento de cães, simulações de operações e busca a drogas, além de instruções sobre legislação, higienização e saúde do animal. Este é o segundo curso realizado pela Sejudh com profissionais do Sistema Penitenciário. Em 2017, a secretaria realizou o primeiro do país e capacitou 31 profissionais. Conforme o diretor de Ensino Penitenciário, Anderson Santana, a proposta é qualificar os servidores para atuarem nas seis unidades prisionais que possuem canil no Estado e nas unidades em que o local está em fase de implantação. “Os cães adestrados reforçam o trabalho dos agentes penitenciários na segurança contra fuga, motins, rebeliões e faro de drogas e celulares”, acrescenta Anderson. As aulas práticas e teóricas do curso ocorreram de 15 de outubro a 29 de outubro.


Foram qualificados agentes penitenciários das unidades de Cuiabá (PCE), Rondonópolis, Cáceres, Várzea Grande, Tangará da Serra, alto Araguaia, Campo Novo Parecis, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste e do Setor de Operações Especiais (SOE). Após o curso, os alunos receberam um certificado com 160 horas/aula.
 

Notícias da editoria