Policiais prendem ex-gerente de cooperativa

RD News 13/06/2018 Polícia
Polícia

O ex-gerente financeiro de uma cooperativa de açúcar e etanol – investigado por ser o líder de um desvio de R$ 23 milhões na empresa, N.F.R. foi preso pela Polícia Civil na manhã desta terça, de ontem, 12, em Campo Novo do Parecis.
O inquérito que tramita na delegacia municipal apura crimes de furto qualificado pelo abuso de confiança e mediante fraude, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Os atos eram cometidos por uma associação criminosa que se formou dentro da empresa por empregados e comparsas alheios aos quadros da cooperativa, entre 2011 e junho de 2017.
Um mês depois do desligamento do suposto chefe do esquema criminoso, em 08 de maio de 2017, ainda houve uma tentativa de desvio da cooperativa. O suspeito ligou para a empresa solicitando que fosse feito um pagamento de R$ 467 mil em favor de uma pessoa.
Segundo o delegado Adil Pinheiro de Paula, o suspeito foi conduzido à delegacia, mas na audiência de Custódia a Justiça optou pelo monitoramento com tornozeleira eletrônica.
“A Polícia Civil já tem a confirmação de vários ex-funcionários que ocupavam cargos na direção, como também de empresários de Mato Grosso e de outros estados. De empresas que atuavam em Goiás, São Paulo e Minas Gerais, a maioria seria de fachada. Com isso temos a identificação de várias pessoas e novas fases serão deflagradas”, adiantou.
O suspeito já foi denunciado pelo Ministério Público por 44 crimes de furto qualificado.

 

Notícias da editoria